quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

E o mar me levou

E naquele ponto
Quando te olhei
E você falou as palavras que eu sonhei
Foi quando eu me toquei
Que estava em um mar sem volta.
Quando vi o seu sorriso,
Quando finalmente se abriu,
Não se comparou ao meus sonhos, 
Porque a realidade tem dessa de ser melhor.
Porque mesmo tendo viagens astral ao seu lado,
Eu prefiro ver o seu sorriso ao vivo
E ser o motivo dele.
Eu prefiro tocar a sua mão
E sentir o seu toque de volta.
Eu prefiro te beijar,
E sentir todas as borboletas que exigem em ficar no meu estômago.
Eu prefiro escrever e te descrever,
Ao invés de ter visões turvas.
Eu prefiro te ter ao meu lado,
Porque amo escrever te olhando,
Mesmo que agora você só esteja no meu pensamento,
Eu vejo nitidamente você tímido porque estou te observando.
Eu prefiro amar você do que perder meu tempo lutando contra isso.
Eu estou completamente apaixonada por você
E isso você já sabe.
Mas só queria que entendesse,
Que mesmo já tendo passado um tempinho, 
Ainda te amo da mesma forma, se bobiar mais.
Já disse que te olhar, faz a paixão aumentar?
Desculpas aos poetas, mas fiz uma crônica sobre ele em formato de um poema, porque eu quero que ele saiba como flui o amar. Como quando tudo parece errado, ainda existem coisas certas. E ele me apareceu assim: no momento errado, mas na hora certa. E eu o amo, mais do que queria 
Mais do que minha sanidade permitia 
Porém eu não me arrependo 
De ter deixado o mar me levar.

0 comentários:

Novidades

Agradecendo ao passado

Em 2016, eu aprendi que nada dura pra sempre se a gente não se esforça para nutrir aquilo todos os dias. Regar a planta diariamente para qu...

Quem sou eu

Minha foto

Sou apenas uma sonhadora atrás de conforto para todos os iguais a mim que lutam para ouvir sim, mas só escutam um não. Aqui você encontrava tudo que sou, fui e serei um dia. Tenho 18 anos, curso publicidade e amo cantar. Espero que gostem do meu cantinho de desabafo. :D <3

No Momento

No Momento
Tentando voltar ao mundo literário

Faça Parte!