sábado, 28 de maio de 2016

O que a Lua tem a dizer sobre nós?

Eu enxergo um planeta perdida, dedicado apenas ao dinheiro e perdido em seus extremos. Eu vejo um mundo maléfico o qual cada ser que nele abita está direcionado para o mal. Claro que existem os que tentam ir para o bem, mas o caminho ruim está tão mais fácil que a maioria opta por ele. Ser terráqueo é perder a sua humanidade. Como confiar em pessoas que destroem o próprio planeta sem nem se importar? Como confiar naqueles que se dizem irmãos, mas atiram pedras do que vão contra uma opinião? Em um mundo onde a verdade é tantas, o que seria real?
Não se apavorem, existem aqueles que irão salvá-los. O bem está sendo plantado, mas ele precisa ser regado para que possa dar frutos. Logo, logo o pêndulo irá parar de balançar e um novo meio será registrado. Com isso, finalmente cessará a guerra entre os extremos e um novo tempo surgirá. Deste não posso falar nada, entretanto lhes adianto que será algo maior que todos vocês. A humanidade finalmente vai se aceitar? Os padrões terminarão? Tudo se tornará mentira?
Eu como o seu grande satélite, digo que observo cada movimento de vocês e, como a força maior, sei o que cada um faz de dia e a noite, mesmo minha visão não sendo das melhores quando o grande astro aparece. Porém, posso dizer que os seres que estão a caminho irão libertar vocês, basta aceitarem está nova visão. O infinito sabe o que lhes reserva, entretanto eu apenas sei o que vejo acontecer e espero o bem de vocês. Por favor, aprendam a amar.

0 comentários:

Novidades

Agradecendo ao passado

Em 2016, eu aprendi que nada dura pra sempre se a gente não se esforça para nutrir aquilo todos os dias. Regar a planta diariamente para qu...

Quem sou eu

Minha foto

Sou apenas uma sonhadora atrás de conforto para todos os iguais a mim que lutam para ouvir sim, mas só escutam um não. Aqui você encontrava tudo que sou, fui e serei um dia. Tenho 18 anos, curso publicidade e amo cantar. Espero que gostem do meu cantinho de desabafo. :D <3

No Momento

No Momento
Tentando voltar ao mundo literário

Faça Parte!